DA REDAÇÃO - UOL EDUCAÇÃO – 05/12/2018 – SÃO PAULO, SP

Apenas 36% dos alunos que completaram o ensino médio na rede pública entraram numa faculdade. Relatório divulgado nesta quarta-feira (5) pelo IBGE deixa claro o tamanho do contraste educacional no país.

Quando o aluno veio do ensino médio na rede privada, esse percentual mais do que dobra: 79,2%. Os dados fazem parte da Síntese de Indicadores Sociais 2018.

A desigualdade também é percebida quando o recorte é feito por cor. 51,5% dos brancos com ensino médio completo ingressaram no ensino superior em 2017. Quando considerados pretos e pardos, o percentual cai para 33,4%.

Se o aluno é oriundo de escolas privadas, essa diferença é atenuada, no entanto. 81,9% dos brancos que estudaram na rede privada ingressaram no ensino superior, e a proporção é de 71,6% entre pretos e pardos da rede privada.

Consideradas as classes sociais, a diferença no acesso ao ensino superior é ainda mais acentuada. A maior proporção de estudantes em faculdades é formada pelo um quarto da renda per capita mais alta do país.

Veja mais

Back to top