As Instituições de Ensino Superior do Distrito Federal, de acordo com as instruções divulgadas pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES), diante do atual cenário de isolamento social, com o objetivo de combater o novo Coronavírus, esclarecem sobre o oferecimento de aulas remotas aos estudantes, bem como clarificam as diferenças entre esse meio de aprendizagem e a Educação a Distância (EAD).

A Educação a Distância é uma modalidade com conteúdo autoinstrucional e apoio pedagógico. O que as IES do DF estão realizando, em caráter emergencial, são aulas remotas, ministradas, em sua maioria, no mesmo horário convencional da aula presencial, pelos próprios professores da disciplina, usando recursos tecnológicos. Dessa forma, cabe informar que, as instituições, ao adotarem essa estratégia como forma de evitar prejuízos aos estudantes, comprometem-se não somente com a manutenção do quadro acadêmico, como também com investimentos para a ampliação tecnológica, de modo a possibilitar a continuidade do conteúdo.

Além disso, as atividades remotas garantem o programa das disciplinas, previsto para o curso presencial da maneira como foi contratado pelo aluno.

Não há, portanto, redução de custo. Pelo contrário: há mais investimentos tecnológicos para dar conta deste momento atípico pelo qual passa o mundo todo em função do novo Coronavírus.

 Reforçamos que todo esse esforço realizado pelas instituições se deu no sentido de seguir as recomendações dos órgãos oficiais e zelar pela saúde e segurança dos alunos, professores, colaboradores e da comunidade acadêmica, mantendo o ritmo das aulas, agora remotamente, e o cumprimento do programa das disciplinas.

Contamos com a compreensão de todos.

                             Luiz França
                            Presidente  

Em decorrência da pandemia do Coronavírus, a sede do Sindepes/DF estará fechada até o dia 5 de abril. Nesse período, os atendimentos serão realizados por e-mail e/ou celular.

Os contatos são:
 
Claudia Lobato ( Gerente Administrativa)
e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Cel.:(61) 98417-7353

Roberto Esteves Lima ( Assessor Jurídico)
e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Cel.:(61)99696-9697

Paulo Cesar Brant (Imprensa)
Email:Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Cel: (61)98570-07-31

O SINDEPES/DF reuniu em sua sede mantenedores, gestores das IES, e diretoria do SINPROEP/DF e SAEP/DF, para garantir um acordo que seja cumprido entre as três entidades; acordo de fixação de medidas que dão segurança às atividades dos professores e auxiliares administrativos durante vigência de suspensão das aulas, ordenada pelo Decreto 40.520, de 14 de março último, devido à pandemia de coronavírus. 

O presidente do SINDEPES/DF, Luiz França, salientou a vantagem de contar com o vigor e a boa vontade das três  categorias na busca pela melhor solução. Antes, lamentou pelos pacientes infectados no Brasil e no mundo, e pediu compreensão a todos nesse momento de dificuldade.

A reunião, de emergência, definiu um Comitê Permanente, que irá monitorar situação da oferta de ensino superior, e delinear diretrizes que se fizerem necessárias; tanto para proteção da comunidade acadêmica, quanto para provimento das atividades administrativas.

Está prevista a publicação de uma NOTA TÉCNICA conjunta, que será assinada pelas três entidades.

O Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos Particulares de Ensino Superior do Distrito Federal (SINDEPES/DF), o Sindicato dos Professores em Estabelecimentos Particulares de Ensino do Distrito Federal (SINPROEP), e o Sindicato dos Auxiliares de Administração Escolar em Estabelecimentos Particulares de Ensino no Distrito Federal (SAEP),  reuniram-se com objetivo de buscar soluções para enfrentamento da suspensão das atividades educacionais, por força do Decreto 40.520, de 14 de março de 2020, tendo criado o Comitê Permanente para monitoração do ensino superior no DF, a partir do qual foram lançadas as seguintes propostas para o período de suspensão: 

Em relação aos professores, foram definidas as seguintes alternativas:

 Suspensão das aulas com possibilidade de antecipação do recesso/férias escolares;

 Oferta de atividades remotas aos alunos por parte dos docentes;

 Oferta de ensino a distância no decorrer deste semestre letivo, como forma de complementar a carga horária.

 Em relação aos funcionários administrativos, foram definidos os seguintes pontos:

 Possibilidade de concessão de férias coletivas/setorizadas;

 Possibilidade de compensação da jornada não trabalhada mediante acúmulo de aplicação do banco de horas;

 Possibilidade de adoção de trabalho a distância/home office;

 Possibilidade de flexibilização da jornada do trabalho e/ou do horário de trabalho.

 

As entidades signatárias firmaram compromisso de submeter as propostas acima descritas às suas respectivas Assembleias.

                                  

 

Dia do professor mereceu homenagens no Plenário da Câmara Legislativa do Distrito Federal.


O SINDEPES/DF foi convidado e prestigiou a Sessão Solene da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLD) de Outorga do Título de Cidadão Benemérito de Brasília ao diretor fundador do SINPROEP-DF, Rodrigo de Paula; e também de homenagem aos 14 de fundação do SINPROEP-DF. O jornalista Paulo Brant, representando o presidente do SINDEPES/DF Luiz França, compôs a mesa que presidiu a sessão, no Plenário da CLD. O evento foi no Dia do Professor. Em sua saudação, Paulo Brant destacou que os mantenedores do ensino superior particular e dirigentes das faculdades “cultivam respeito duplo em se tratando dos educadores; pela qualidade dos professores do DF; e também pela representatividade que o SINPROEP-DF conquistou ao longo desses 14 anos”. Durante a sessão, 100 professores da rede pública e particular foram homenageados. Estiveram presentes trabalhadores na educação; deputados distritais; o secretário de Estado da Educação, João Pedro Ferraz dos Passos; a presidente do SINPROEP-DF, Karina Barbosa; familiares e amigos dos professores; dirigentes de escolas; alunos e convidados.

Back to top